O que são demonstrativos contábeis e para que servem?

13/10/2021
demonstrativos-contabeis

Saber o que são os relatórios de demonstrativos contábeis, para que servem, qual sua importância e o que ele significa é uma tarefa e tanto para os ingressantes da área de ciências exatas.

Por conta de cada um ter sua própria importância, vamos falar tudo que você precisa saber sobre estes demonstrativos contábeis e mais um pouco.

O que são demonstrativos contábeis?

Os demonstrativos contábeis é o nome que se dá aos documentos que informam o fluxo contábil e financeiro da empresa por determinado período, seja mensal, bimestral, trimestral ou anual. Estes documentos são relatórios que mostram o desempenho da empresa.

Toda empresa deve apresentar os demonstrativos contábeis?

A divulgação dos demonstrativos é obrigatória somente para as empresas de sociedade por ações, ou seja, empresas de capital aberto. São apresentados ao público que tenha interesse, por exemplo os sócios ou os acionistas. De acordo com a Lei nº 6.404/76 somente este formato empresarial é obrigatório apresentar os demonstrativos contábeis.

Como é feito o acompanhamento dos demonstrativos contábeis?

É ideal que a gestão contábil esteja equilibrada para fazer o acompanhamento mensal dos relatórios de demonstrativos contábeis, desta forma, no fim do ciclo de um ano, terão um panorama melhor do período de 12 meses.

Quais são os relatórios de demonstrativos contábeis?

Os demonstrativos contábeis são um conjunto de relatórios que mostram sobre a saúde contábil e financeira da empresa. É composto por seis componentes, como:

  • Balanço Patrimonial (BP);
  • Demonstração do Resultado (DR);
  • Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA);
  • Demonstração de Mutações do Patrimônio Líquido (DMPL) este relatório pode substituir o DLPA;
  • Demonstração de Fluxo de Caixa (DFC);
  • Demonstração do Valor Adicionado (DVA), caso seja divulgado pela entidade;
  • Notas Explicativas (NE), que realiza a descrição das práticas contábeis.  

Para que servem as demonstrações contábeis?

Saber sobre as demonstrações contábeis e as demonstrações financeiras é garantir dados precisos para os gestores, o que mostra um mapa certeiro de como está o desempenho.

Comparar os dados com os períodos anteriores é essencial para a tomada de decisões com segurança. Ou seja, sem os demonstrativos contábeis a tomada de decisão é equivocada, logo os demonstrativos contábeis são essenciais para gerenciar sua empresa.

A divulgação dos demonstrativos em determinada data com suas entradas e saídas de informações para os acionistas e sócios é permitir que saibam como está o desempenho da empresa, considerando, além disso, a possibilidade de investir na empresa.

Ou seja, a principal serventia dos demonstrativos contábeis é dizer qual a situação financeira do seu negócio, o que permite a visibilidade do gestor e potenciais investidores para indicadores exatos para a tomada de decisão.

Qual a importância dos demonstrativos contábeis?

Através da demonstração contábil e financeira é possível saber as principais informações, como:

  • Como o patrimônio da empresa é formado;
  • Onde os recursos estão sendo investidos;
  • Quais os resultados tidos com suas atividades.

Com as demonstrações financeiras há informações mais precisas, como:

  • Grau de endividamento da empresa;
  • Liquidez do negócio.

Pode parecer pouco, mas estes dados ao alcance das pessoas certas, como os potenciais investidores permitem que a tomada de decisão sobre investir ou não seja feita de forma eficaz.

Quais são os demonstrativos contábeis obrigatórios pela Lei?

São exigidas a elaboração e divulgação dos demonstrativos para empresas de capital aberto, então esteja atento que a empresa é de capital aberto.

É comum que seja ao fim de um período que o setor administrativo, contábil e financeiro deve ficar atento com a organização das demonstrações financeiras, entre elas estão:

  • Balanço Patrimonial;
  • Demonstração do Resultado de Exercício;
  • Demonstração de Fluxo de Caixa;
  • Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido;
  • Notas Explicativas.

Porém, fique atento às demonstrações contábeis que não são obrigatórias, mas são importantes, como:

  • Demonstração do Valor Adicionado(DVA);
  • Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados(DLPA).

Na maioria dos casos não são obrigatórias, porém são essenciais para oferecer organização e controle financeiro para a sua empresa.

O DVA, por exemplo, deixa em evidência a geração de riqueza em um período determinado, sendo apresentado como foi dividido a riqueza entre os colaboradores, acionistas, governo e até mesmo agentes financeiros.

Através da DVA é possível o acionista saber, por exemplo, se a riqueza da empresa aumentou ou diminuiu.

Enquanto que, a DLPA mostra as mudanças que ocorreram no patrimônio líquido no período.

Através dela é mais prático realizar o gerenciamento e alterações ocorridos no patrimônio líquido, mostrando também, se o patrimônio ou riqueza da empresa aumentou ou diminuiu durante o período apresentado.

Lembre-se que os relatórios de demonstrativos contábeis fazem parte de todo gerenciamento para a tomada de decisão consciente.

Como são feitos os demonstrativos contábeis?

Os demonstrativos contábeis são elaborados em um determinado período, portanto o setor contábil da empresa começa a elaborar os documentos de finanças e patrimônio, mas vamos mostrar quais são os processos mais utilizados para a formação dos demonstrativos contábeis, como:

  • Entrada e saída de documentos fiscais;
  • Recebimento de clientes (se houver);
  • Despesas gerais;
  • Compra de bens;
  • Compra de utensílios;
  • Integração de capital;
  • Pagamento de fornecedores, tributos, imposto de renda e salários.

Estes são os principais itens que auxiliam na elaboração dos relatórios de demonstrativos contábeis, portanto fique atento com estes documentos. Cada um deles são extremamente importantes para o relatório.

Vantagens dos demonstrativos contábeis

Agora que sabe qual a importância dos demonstrativos contábeis, para o que servem e o que são, vamos falar das vantagens que proporcionam para a empresa independente de seu porte, se é pequena, média ou grande empresa. Veja abaixo:

  • Fácil obtenção de crédito;
  • Fácil visualização da saúde financeira da empresa;
  • Possibilidade de negócios com a administração pública;
  • Tomada de decisão consciente e eficaz;
  • Organização dos documentos contábeis, financeiros e administrativos.

As vantagens citadas prezam não só com a elaboração, mas também com os resultados obtidos. Independente de ter tido mais lucro ou mais prejuízo, os demonstrativos auxiliam na tomada de decisão perante um novo cenário econômico ou mercantil que a empresa está inserida.

As novas tecnologias contam com a organização da sua própria empresa.

Quer receber conteúdos específicos de contabilidade?
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Site produzido por Digitalize Now.