Arquiteto autônomo

15/12/2021
arquiteto-autonomo

O que faz um arquiteto?

Os arquitetos projetam, supervisionam e coordenam a construção de edifícios. Além disso, eles também podem atuar na concepção de interiores ou mesmo de artefatos decorativos.

A profissão de arquiteto é regulamentada no Brasil pela Lei nº 5.194/66. Segundo essa lei, para exercer a profissão é necessário ser diplomado em arquitetura ou estar devidamente registrado no Conselho Regional de Arquitetura e Urbanismo (CREA).

Muitos arquitetos autônomos trabalham por conta própria, projetando e supervisionando obras para clientes. Outros podem atuar como funcionários de empresas especializadas em construção civil.

Quais as vantagens de ser um arquiteto autônomo?

Uma das grandes vantagens de ser arquiteto autônomo é a liberdade que o profissional tem para escolher seus horários e projetar para qual cliente deseja trabalhar. Alguns até conseguem conciliar trabalho e estudo, já que existem bolsas de estudo para arquitetos no exterior.

Outra vantagem de ser autônomo é que o profissional pode incorporar seu próprio negócio com mais facilidade, caso prefira ter a independência financeira e administrativa que a atividade empresarial proporciona.

O que um arquiteto autônomo deve fazer na hora de abrir o próprio negócio?

Depois de decidir-se pela abertura do próprio negócio, o arquiteto autônomo deve buscar a documentação necessária para formalizar sua empresa. O registro no CREA é obrigatório e outras exigências podem variar de uma cidade para outra, como a comprovação da propriedade sobre o imóvel onde será instalado o escritório.

A abertura do negócio também implica em tomar algumas decisões estratégicas, como definir o preço de seus serviços, promover sua empresa e buscar parceiros estratégicos.

Como ser um arquiteto autônomo?

Para ser um profissional autônomo, o arquiteto não precisa ter experiência no mercado de trabalho. Por outro lado, muitos autônomos atuam em parceria com outros profissionais, principalmente nas grandes cidades.

Para ser um arquiteto autônomo é necessário:

  • Ser formado em arquitetura ou estar devidamente registrado no CREA;
  • Ter conhecimentos em construção civil, desenho técnico e materiais;
  • Usar as ferramentas eletrônicas disponíveis;
  • Ser organizado, disciplinado e conhecer as normas de trabalho.

Os arquitetos autônomos podem atuar em diferentes áreas: projetos residenciais, projetos comerciais, interiores, paisagismo, arquitetura de eventos e decoração.

Por que é tão importante contar o suporte de uma empresa de contabilidade?

Com o passar do tempo, muitas pessoas acabam se cansando de trabalhar por conta própria. Isso acontece, principalmente, com os profissionais que lidam com questões financeiras.

Não é fácil controlar o fluxo de caixa e multiplicar uma renda variável. Para os que decidem ser autônomos, não faltam desafios para enfrentar:

  • Administrar o próprio negócio;
  • Se manter atualizado com as transformações do mercado;
  • Conhecer as regras e exigências da profissão;
  • Gerir seu tempo livre.

Por isso, é tão importante contar com o suporte de uma empresa de contabilidade que irá auxiliar o arquiteto autônomo na gestão de seu negócio.

Quer receber conteúdos específicos de contabilidade?
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Site produzido por Digitalize Now.